Votos do utilizador: 5 / 5

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

A Binter Canárias está a vender bilhetes para voos inter-ilhas, uma situação ilegal já que quem tem licença para operar no país é a Binter Cabo Verde.

Há cerca de um mês que a Binter canárias está a operar sem licença em Cabo Verde. Quem tem o certificado da Aeronáutica Civil para fazer as ligações inter-ilhas é a Binter 

Cabo Verde, sedeada na Praia, mas quem está a vender os bilhetes é a empresa-mãe, a Binter Canárias que, sendo estrangeira, não tem licença para operar no arquipélago.

Mais grave ainda, a companhia aérea canariense está a operar com um segundo avião que se junta ao ATR da Binter Cabo Verde, numa concorrência desleal e ilegal à TACV. A transportadora aérea da vizinha Canárias criou a Binter Cabo Verde precisamente para poder ter licença de fazer as ligações inter-ilhas, mas quem está a operar, na prática, é a Binter Canárias.

Uma visita ao site da Binter Canárias comprova o esquema fraudulento que, à partida, será uma forma de fuga aos impostos em Cabo Verde, já que o dinheiro da venda dos bilhetes irá directo para a empresa-mãe nas Canárias. 

Curioso é que mesmo com mais um avião no país, a Agência de Aviação Civil não viu o truque, permitindo que uma empresa estrangeira opere no país de forma ilegal, numa clara concorrência desleal para com a companhia de bandeira nacional.